CMDCA DE NOVO HORIZONTE DO OESTE, CASTANHEIRAS, NOVA BRASILÂNDIA DO OESTE REALIZAM A 1ª CONFERÊNCIA INTEGRADA DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

CMDCA DE NOVO HORIZONTE DO OESTE, CASTANHEIRAS, NOVA BRASILÂNDIA DO OESTE REALIZAM A 1ª CONFERÊNCIA INTEGRADA DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente dos munícipios de Novo Horizonte do Oeste, Castanheiras e Nova Brasilândia do Oeste – CMDCA, em conjunto com as Secretarias Municipais de Assistência Social, realizaram na sexta-feira (25) a 1ª Conferência Integrada dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O evento teve como tema central: “Situação dos direitos humanos de Crianças e Adolescentes em Tempos de Pandemia de Covid-19: violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade” com palestra ministrada por Marcia Tesser.

 
Participaram da Conferência mais de 120 pessoas, sendo 60% adolescentes, e 40% distribuídas entre as diversas representações da sociedade. A avaliação final do evento foi excelente, sendo alcançado o objetivo almejado com a programação. 

A participação dos adolescentes foi altamente positiva na elaboração das propostas, alcançando com a participação deste público, o que se esperava de melhoria em âmbito municipal e formulando propostas para serem deliberadas na Conferência Estadual. o NUCA (Núcleo dos Adolescentes) apresentou o Eixo 3 da Conferência e por fim, a escolha dos delegados, aconteceu de forma tranquila e democrática entre os 3 municípios que participaram simultaneamente de forma integrada, assim como as deliberações das propostas em todas as esferas de governo, com cinco temas da mais alta relevância:

Promoção e garantia dos direitos humanos de crianças e adolescentes no contexto pandêmico e pós- pandemia;

Enfrentamento das violações e vulnerabilidades resultantes da pandemia de Covid-19;

Ampliação e consolidação da participação de crianças e adolescentes nos espaços de discussão e deliberação de políticas públicas de promoção, proteção e defesa dos seus direitos, durante e após a pandemia;

Participação da sociedade na deliberação, execução, gestão e controle social de políticas públicas de promoção, proteção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes considerando o cenário pandêmico;

Garantia de recursos para as políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes durante e após a pandemia de Covid-19.

O município de Novo Horizonte do Oeste foi representado durante a 1ª Conferência Integrada dos direitos da Criança e do adolescente pela Articuladora do Selo Unicef – Divina Aparecida Felício, que na oportunidade representou o prefeito Cleiton Cheregatto e o secretário de assistência social Reginaldo Pereira de Aquino, a conselheira do CMDCA Ana Caroline Fonseca Rocha que representou a presidente e demais conselheiros do CMDCA, membros do CRAS e do CREAS, conselheiros tutelares e a adolescente Kayla Cristina dos Santos Machado, aluna da escola Marechal Candido Rondon que compôs a mesa de autoridades representando todas as crianças e adolescentes do município.

Fechar Menu
Skip to content