JULHO AMARELO – PREVENÇÃO E CONTROLE DAS HEPATITES VIRAIS

JULHO AMARELO – PREVENÇÃO E CONTROLE DAS HEPATITES VIRAIS

Julho foi adotado pelo Ministério da Saúde como o mês de luta e prevenção das hepatites virais. De acordo com o Ministério da Saúde, três milhões de brasileiros estão infectados pela hepatite C, mas não sabem que têm o vírus. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que cerca de 3% da população mundial, seja portadora de hepatite C crônica.

A hepatite, grave inflamação do fígado, acomete um número cada vez maior de brasileiros. Para conscientizar a população sobre esta enfermidade e evitar sua disseminação, neste mês acontece o “Julho Amarelo”. A doença, que pode ser causada por vírus, alguns remédios, álcool, drogas e doenças autoimunes, metabólicas e genéticas, infelizmente, é mais comum do que se imagina no Brasil.

A falta do conhecimento da existência da doença é o grande desafio, por isso a recomendação é que todas as pessoas com mais de 45 anos de idade façam o teste gratuitamente em qualquer posto de saúde e, no caso positivo, façam o tratamento que está disponível na rede pública de saúde.

Tipos – Cinco são os tipos mais comuns de hepatites virais (A,B,C,D e E) e no caso a hepatite B, já há vacina disponível nos postos de saúde para pessoas de até 50 anos de idade. Muitas pessoas são portadoras dos vírus B ou C e não sabem, correndo, assim, o risco de a doença se tornar mais grave, como cirrose ou até câncer. É por essa razão que consultar um médico com frequência é importante.

Devido a pandemia, faça seu agendamento para fazer o seu teste rápido.

Procure a Equipe de Saúde e agende seu teste rápido no Posto de Saúde em Novo Horizonte e Migrantinópolis.

Fechar Menu
Skip to content